Criminalidade

VAMOS NOS CURVAR À CRIMINALIDADE?
Logicamente que não! Nenhuma Sociedade pode fazer isso. Mas este “quinto poder” que tomou conta de quase todos os espaços dos inúmeros brasis deste país continental tem uma causa primária: o modelo estrutural do Estado Brasileiro.
Sem adentramos na área econômica e ideológica, da degradação social que assola o País, a solução da criminalidade começa a autonomia para cada estado poder legislar livremente, fazendo seus próprios códigos penais, de preferência votados pelo maior interessado: o Povo.
Os estados devem ter autonomia também, para reformular seu aparato de Segurança Pública, sua polícia. Cada cidade deve ter a sua própria polícia, com suporte complementar de uma super-polícia estadual. Simples assim.
Em um ambiente economicamente livre para gerar trabalho e renda, e uma boa Educação, sabemos que tais fatores também influenciam, e muito, para uma forte redução da criminalidade. Isto é Federalismo Pleno. O federalismo criativo O federalismo das competências e responsabilidades locais.

 

Thomas Korontai.

Texto original escrito para o blog Ponto Crítico

You may also like...

1 Response

  1. Carlos Bley disse:

    Analisando a complexidade da determinação das origens do comportamento criminoso e quantos fatores estão relacionados ao comportamento criminoso, pode-se concluir que nenhum dos níveis de análise: sociocultural, biológico ou cognitivo contribui para o comportamento criminoso na maior extensão. Eles precisam coexistir e interagir para que o comportamento criminoso ocorra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *